Nação Zumbi no Cine Joia (SP)

02_NacaoZumbi_15_081.135306
A seção #flyer informa: a banda Nação Zumbi baixa no Cine Joia (centro de São Paulo) em 15 de agosto, na verdade já na madruga de sexta para sábado, para o show de lançamento em vinil do seu primeiro trabalho de inpesitas em 7 anos. O #discão “Nação Zumbi” – que a Coluna já está curtindo em CD.
Os fãs do #mangue podem esperar novidades como as sensacionais “Foi de Amor”, “Cicatriz“, “Um Sonho“,“A Melhor Hora da Praia”, “O Que Te Faz Rir”, além de hits como  “Meu Maracatu Pesa Uma Tonelada” e, claro, clássicos dos discos de Chico Science & Nação Zumbi, como “Manguetown” e “Rios, Pontes e Overdrives”.

FOTO Vitor Salerno DIVULGAÇÃO
FOTO Vitor Salerno DIVULGAÇÃO

Formação:

  • Jorge Du Peixe (vocal),
  • Pupillo (bateria),
  • Dengue (baixo),
  • Lucio Maia (guitarra),
  • Toca Ogan (percussão),
  • Gilmar Bola 8, Da Lua e Tom Rocha (tambores)

Os ingressos estão a venda em cinejoia.tv/ingressos. Servição dentro do post. Continuar lendo “Nação Zumbi no Cine Joia (SP)”

Anúncios

Living Colour na área! Os Glamour Boys tocam no Rock in Rio e no Bourbon Street.

Poster criado por Mario Prado para a turnê de 25 anos do discão "Vivid" : https://www.facebook.com/LivingColour
Poster criado por Mario Prado para a turnê de 25 anos do discão “Vivid” : https://www.facebook.com/LivingColour

What´s Your Favorite Colour, baby? Living Colour! O quarteto nova-iorquino que lançou a black rock coalition no final dos 80, começo dos 90 volta ao Brasil, com a turnê dos 25 anos do discão “Vivid“. Hoje, encerra a tarde/noite do Palco Sunset, no Rock in Rio, ao lado da cantora Angélique Kidjo. E ufa, também toca em São Paulo na terça-feira no Bourbon Street (ingressos esgotados).

Se você gosta de dar uma conferida nos setlists antes dos shows, veja dentro do posto o repertório que eles levaram em Buenos Aires.

Continuar lendo “Living Colour na área! Os Glamour Boys tocam no Rock in Rio e no Bourbon Street.”

Ultramen, Beco 203, São Paulo, 03/08/2013

Os ultramanos invadem São Paulo
Os ultramanos invadem São Paulo

253_FULL (1)Depois de dez anos de ausência de Sampa, a sensacional banda gaúcha Ultramen baixou na Augusta, centro nervoso da “night” paulistana. E fez um showzão “junta tribo”, capaz de agradar manos de quase tudo quanto é paladar musical… rap, reggae, samba-rock, soul, rock mais pesado. Os ultramanos tocaram quase todas do discão “Olelê”, um dos favoritos desta Coluna – acho que só faltaram “Bem Mal” e a cover de “Exodus”; já a de “Johnny”, de Tim Maia, compareceu em versão à capela” – e muito mais… “Bico de Luz”, “Alto e Distante”. “Erga Suas Mãos”, “Grama Verde”…

Estranho que o Ultramen não tenha feito mais sucesso nacionalmente – talvez a distância de POA para o ‘eixo Rio-SP’ explique, mas não justifique. Os refrões são pegajosos e têm melodia. Tonho Crocco canta realmente bem.  Guitarra e baixo tem peso e groove ao mesmo tempo. O DJ Anderson manda ver nos scratches, como no sampler de sucesso de Michael Jackson no meio de “Dívida”. Os percussionistas Malásia e Marcito dão show à parte quando fazem a função de MCs e comandam as rimas de raps como “Esse é o Meu Compromisso” e “Peleia” – esta, então, mobiliza toda a embaixada do Rio Grande do Sul presente no Beco 203 paulistano nesta noite de sábado. Chega a ser emocionante a comoção que as menções às tradições gaúchas desse som – um dos melhores do “Olelê” – provoca nos gremistas e colorados, conterrâneos do Ultramen. Por coincidência, na véspera do Gre-Nal 397, o primeiro na Arena do Grêmio.

Dentro do post, você curte o setlist e outras fotos desse showzão, que também teve como destaques petardos do “Olelê” como “Preserve” e “General”. Continuar lendo “Ultramen, Beco 203, São Paulo, 03/08/2013”

Ultramen em São Paulo

253_FULL (1)
A excelente banda gaúcha Ultramen voltou aos palcos em 2013. E neste sábado, 3 de agosto, os ultramanos tocam baixam no Beco 203, na rua Augusta, 609, centro de São Paulo. Chance rara de curtir ao vivo a sensacional mistura de black music, rap, reggae, samba-rock, soul e som pesado do clássico “Olelê” e outros bons discos do Ultramen. Segundo o site do Beco, o show começa às 21h e o ingresso custa 40 reais na hora (30 com nome na lista).

No finzinho de maio, a Coluna de Música publicou fichinhas com o perfil de consumidor musical dos seguintes ultramanos, a saber:

Clique também: Continuar lendo “Ultramen em São Paulo”

Décio 7, bateria, Bixiga 70

capa (2)Pouco antes de partir para uma excursão pela Europa, o pessoal do Bixiga 70 gentilmente preencheu algumas Fichinhas da Coluna. Neste post, os favoritos do baterista Décio 7.  Vale a pena conhecer mais sobre o músico.

Na bateria, Décio 7,
Na bateria, Décio 7
  • Um baterista:

Tony Allen

  • Outras influências:

Gilberto Gil,Estrela Brilhante do Recife, Racionais, Lee Perry, Pedro Santos e Baden Powell.

  • Disco de cabeceira:

‘Refavela’ [ > ouça aqui]Gil

  • Hit da semana:

‘You People’ – Black Truth Rhythm Band [> ouça aqui]

BTRB

  • Melhor show que já viu:

Curumin na Casa do Mancha.

  • Show que se arrepende de não ter visto:

‘Olho de Peixe’ – Marcos Suzano e Lenine num boteco da Vila Madalena.

instagram

  • Melhor banda de todos os tempos da última semana:

Nação Zumbi

  • Banda de coração:

The Wailers

  • Time do coração:

Parmera

escudo
Continuar lendo “Décio 7, bateria, Bixiga 70”

Cris Scabello, guitarra, Bixiga 70

No centro, Cris Scabello, ao lado de Mauricio Fleury
No centro, Cris Scabello, ao lado de Mauricio Fleury

Bixiga 70 / singleA banda brasileira Bixiga 70 leva sua música para dançar ao mega festival Roskilde, na Dinamarca, na sexta-feira, 5 de julho. Na série de fichinhas com os músicos do Bixiga, hoje vamos conhecer os favoritos do guitarrista Cris Scabello. Clique nos links, tire o tapete da frente e caia na gandaia.

  • Um guitarrista:

Guilherme Held [guitarrista da banda de Criolo]

  • Outras influências:

Gilberto Gil, Bob Marley, Stevie Wonder, Bruno Buarque e Mau

  • Disco de cabeceira:

Onze Sambas e uma Capoeira‘ (Paulo Vanzolini)Vanzolini

  • Hit da semana:

Vida de Artista‘ (Itamar Assumpção)

Itamar

  • Melhor show que já viu:

Tim Maia no Olympia

  • Show que se arrepende de não ter visto:

Chico Science

  • Melhor banda de todos os tempos da última semana:

Black UhuruRed

  • Banda de coração:

Afetos

  • Time do coração:

Palmeirasescudo Continuar lendo “Cris Scabello, guitarra, Bixiga 70”

Gustávo Cék, percussão, Bixiga 70

Gustávo Cek, percussionista.
Gustávo Cek, percussionista.

Bixiga 70 / singleNas fichinhas da Coluna com o pessoal do Bixiga 70, agora o percussionista Gustávo Cék.

  • Um percussionista:

Tito Puente.

  • Outras influências:

Ali Farka Touré, Toumani Diabaté, Gilberto Gil, Django Reinhardt, Ketama Songhai, Luiz Gonzaga, Peter Tosh, Deodato, Beastie Boys, Orquestra Rumpilezz, Claudio Slow, Odun Orim, Budos Band, Ozório, Avatar, Lova, Estático, Juliet, Perna Oca, Pupi etc.

  • Disco de cabeceira:

Getatchew Mekurya.

  • Hit da semana:

Orquestras de Burkina Faso.

  • Melhor show que já viu:

São muitos… Tom Jobim, Raphael Rabello e Paulo Moura, Deodato, Rolling Stones.

  • Show que se arrepende de não ter visto:

Baden Powell.

  • Melhor banda de todos os tempos da última semana.

Étoile de Dakar.51SeDNptKUL._SY300_

  • Banda de coração:

Maracatu Nação Estrela Brilhante do Recife.296154_279053848786646_1528728376_n

  • Time do coração.

Bixiga 70. Continuar lendo “Gustávo Cék, percussão, Bixiga 70”