Clássicos em Vinil: Banda Black Rio, “Maria Fumaça” (1977)

Capa com Selo - Black Rio - Maria Fumaça (2)
Samba + funk + jazz + soul. Não importa a ordem. O primeiro LP da Banda Black Rio é espetacular. Da faixa 1 do lado A, que empresta o nome à bolacha, “Maria Fumaça” (tema de abertura de “Locomotivas”, uma divertida novela das sete escrita pelo são-paulino Cassiano Gabus Mendes, no ar de ), até a quinta do lado 2, é altamente indicado de quem gosta de música para dançar – toda instrumental, uma beleza. É tiro e queda numa pista de dança, numa festinha.

Falo em faixa 1 do lado A e 5 do lado 2 porque esse #discão foi relançado em LP há um certo tempo na série Clássicos em Vinil, da Polysom, em caprichada edição. Curta a ilustração abaixo.

Divulgação http://polysom.com.br/
Divulgação –  http://polysom.com.br/

Além de pepitas da própria lavra como “Maria Fumaça”, “Mr Funky Samba”, “Caminho da Roça”, “Metalúrgica”, a sensacional “Leblon Via Vaz Lobo” e “Junia”, nesse disco a Banda Black Rio também manda ver ótimas versões de “Na Baixa do Sapateiro” (de Ary Barroso), “Baião” (do velho Lua, Luiz Gonzaga, e Humberto Teixeira) e “Casa Forte” (Edu Lobo).

Nos anos 2000, a Banda Black Rio ressurgiu sob o comando de William Magalhães, filho do saxofonista original, Oberdan Magalhães. Gravou discos e faz shows, como o do último sábado, na Vila Madalena. Fique ligado na agenda dos caras: http://www.bandablackrio.com/.

Este funk é do bom!

2 comentários sobre “Clássicos em Vinil: Banda Black Rio, “Maria Fumaça” (1977)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s