A julgar pela quantidade de tweets que postou nas últimas 24 horas, o vocalista David Coverdale realmente se amarrou no resultado final do show do Whitesnake, o penúltimo do festival Monsters of Rock 2013, na não muito estruturada Arena Anhembi, na zona norte de São Paulo (pelo menos o som estava muito bom).

DSC03031
De cara, “Give Me All Your Love”, seguida por “Ready an´ Willing”. Depois uma sequência de grandes sucessos radiofônicos, inclusive no Brasil, algumas até em rádios AM. “Love Ain´t No Stranger”, “Is This Love” e uma dobradinha com “Slide It In” e “Slow An´Easy”, o discão que o Whitesnake lançou pouco antes de vir ao Brasil pela primeira vez, no Rock in Rio I, em 1985. Um hit mais recente (“Love Will Set You Free”) e depois de “Pistols at Dawn”, começaram os solos: dos guitarristas Doug Aldrich e Reb Beach.

DSC03075 (2)
O carismático baixista Michael Devin faz um solo de gaita (logo mais, o bem-humorado Coverdale faria uma brincadeira com a barba do rapaz. “Is this beard?”, com a melodia vocal da  balada “Is This Love”. Tá em casa o Coverdale, que levava uma bandeira do Brasil estilizada na camisa branca, aberta no peito.

Tommy Aldridge, como Coverdale e este concert-goer que vos digita, é um “veterano” do Rock in Rio de 1985. No fim de seu solo de bateria, manda as baquetas pra galera e toca com as mãos. Palmas pra ele.

Tommy Aldridge, no finzinho do solo de bateria.
Tommy Aldridge, no finzinho do solo de bateria.

Depois desse intervalão para os solos, os hits voltaram com tudo: “Fool For Your Loving”, “Bad Boys”, “Here I Go Again” e a pesada “Still of the Night”.

Para terminar, um módulo Deep Purple. Coverdale canta “Soldier of Fortune” à capella e o ponto alto, a banda toda manda ver “Burn”, com um pedacinho de “Stormbringer”. Nunca é demais ouvir o lindo solo de teclado criado pelo inesquecível Jon Lord,  aqui tocado por Brian Ruedy.
Ninguém vai a um show do Whitesnake para ouvir música independente ou alternativa. Então, ele deu ao público o que o público queria. Mas bem que poderia ter rolado “Guitly of Love”, hein, Coverdale?
Próxima parada: Brasília, 23 de outubro.

DSC03058 (2)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s