Um jazz para Dave Brubeck

Quarta-feira de perdas irreparáveis para a cultura do mundo.
À noite, perdemos o arquiteto Oscar Niemeyer, 104 anos.
De manhã, o mundo do jazz e da música perdeu o pianista e compositor Dave Brubeck, 91 anos.
Seu quarteto – Dave no paino, Paul Desmond no sax alto, Eugene Wright no baixo e Joe Morello na bateria – gravou um álbum clássico do jazz. “Time Out”. 1959.

brubeck

A canção que puxou o disco, “Take Five”, foi o primeiro compacto de jazz a vender um milhão de cópias. Veja e ouça aqui.

Para saber mais sobre Brubeck, vale a pena procurar este filme, Dave Brubeck In His Own Sweet Way”, de Bruce Ricker, exibido no festival In-Edit Brasil. Participação do ator e diretor Clint Eastwood, fanático por jazz.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s