The Jimi Hendrix Experience | Electric Ladyland

  • Contracapa e capa (lindas!) da edição inglesa do álbum duplo, o último disco de estúdio do Jimi Hendrix Experience. Na contracapa (lado esquerdo, mais pro centro), uma das moças segura a capa do disco anterior ,“Axis: Bold As Love”.
  • Data de lançamento: outubro de 1968

“Have You Ever Been (to Electric Ladyland”)?

Como eu procurei esta edição em CD (duplo) de “Electric Ladyland” no começo dos anos 90! Tinha um à venda numa loja de discos e equipamentos de som (que não existe mais) no calcadão no centro novo de São Paulo. CD era caro… imagine duplo então… Mas acabei comprando, provavelmente “with a little help from” minha querida e saudosa mãe. Foi meu primeiro CD do Hendrix, ídolo da guitarra.

E claro, não me arrependi. São 75 minutos de rock do grande. Pulsante, revolucionário, espacial.  Impactante. Como “Crosstown Traffic”, a melô das metrópoles. A definitiva versão de “All Allong the Watchtower” (Jimi adorava Bob, o Dylan – de quem costumava tocar “Like a Rolling Stone”). E a lancinante “Voodoo Chile (Slight Return)” – uma aula… não, uma aula não, uma enciclopédia de efeito wah-wah e blues rock.

Minhas preferidas estão no disco 1 da edição dupla. O 2 é mais experimental. Como “The Burning of the Midnight Lamp”, com os suaves vocais de apoio das Sweet Inspirations.

Delíra, Jimi! 

Um DVD da série Classic Albums disseca Electric Ladyland (Eagle Vision / ST2 Video). No documentário, dá para perceber que havia muita tensão nos estúdios. Noel Redding, baixista do Experience, era guitarrista-base antes. E não esconde no doc suas insatisfações (o próprio Jimi e John Casady tocaram baixo em algumas faixas). Bem ou mal, uma canção composta e cantada por Noel Redding, Little Miss Strange entrou em Electric.
“Descobridor” e produtor de Jimi, Chas Chandler saiu fora no meio das gravações. Outro músico que participou do disco e aparece no programa é o organista Steve Winwood.

Em tempo: segundo o doc, Jimi odiou a capa inglesa, com as moças peladas.

Em DVD, CD ou vinil, não importa. O negócio é conhecer Electric Ladyland, sua música e sua história.

  • THE JIMI HENDRIX EXPERIENCE/discos de estúdio
  1. Are You Experienced (1967)
  2. Axis: Bold as Love (1967)
  3. Electirc Ladyland (1968)
Anúncios

4 comentários sobre “The Jimi Hendrix Experience | Electric Ladyland

  1. versão definitiva de “all allong the watchtower”, sem dúvida nenhuma!
    acabei de ouvi-la do próprio Dylan, em NY. Há uma semana, exatamente. Fiquei ainda mais honrado porque tive que lembrar da versão de Jimi – anos luz na descoberta de novas sonoridades.
    ouvir Jimi pela primeira vez é uma experiência. Have your ever been experienced?
    é uma divisão de águas. A descoberta de que tudo que você tinha ouvido até ali era besteira.
    belo blog, Jota! coisa fina.
    abs.

    1. Que sensacional, Gabriel!
      Larga vida a Jimi Hendrix!
      O ‘pai da matéria’.
      Abraços e boa volta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s