Molotov

Publicado em novembro de 2012 e atualizado em março de 2015

Mais de uma década e meia depois do lançamento, o primeiro disco da banda Molotov mostra sua atualidade e força na mistura de rock e rap, metal e funk, castelhano e inglês, latinidade e cosmpolitismo, sem perder de vista a realidade do México. O recente “Desde Rusia Con Amor” ganhou um Grammy Latino como álbum de rock e o documentário “Gimme the Power”, tema do post anterior, foi lançado em junho de 2012 no México.

  • O Molotov toca no Lollapalloza Brasil, no domingo 29 de março, às 13h, no Palco Skol @ autódromo de Interlagos. Saia cedo de casa e almoce por lá pra não deixar de ver os mexicanos.


O quarteto da Cidade do México estreou em 1997 quebrando tudo, a começar pela polêmica capa do primeiro disco, “¿Dónde jugarán las niñas?” (Universal Music, 1997), com uma foto de uma garota com as calcinhas arriadas. O disco ganhou o selo de advertência da PMRC, alertando para letras explícitas – o que cá entre nós, só ajuda a vender mais discos, e é quase uma garantia de qualidade. Há riffs marcantes e uma pegada pesada, mas com balanço, que remete a Infectious Grooves, Red Hot Chili Peppers, Rage Against the Machine e Beastie Boys. O sensacional refrão de “Gimme tha Power” não envelheceu nem um pouco. E é uma versão ao vivo na Rússia dessa sonzeira – faixa altamente REC – que você confere abaixo. Dame dame dame dame todo el power…. gimme gimme gimme gimme todo el poder..


Viva México, cabrones!

Vale o clique:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s