Rock & Roll All Nite. Kiss, show Kiss Alive 35, São Paulo, 07/04/2009.

Publicado originalmente no meu Fut Pop Clube, em abril de 2009

Raphael, amigo do blog, FOI! E vibrou com o show baseado no "Alive".
Raphael, amigo do blog, FOI! E vibrou com o show baseado no “Alive”.

– Eu toco numa banda.
– Qual é o nome do grupo?
KISS.
– É mesmo? Nome estranho para uma banda
.
Este diálogo está no livro Kiss and Make-up, biografia de Chaim Witz, digo, Gene Klein, ou melhor ainda, Gene Simmons. E rolava no começo da carreira do Kiss, quando o grupo viajava em aviões comerciais. Uns 35 anos depois, os quatro super-heróis mascarados voltaram ao Brasil. Palco gigante, som alto, muitos fogos, quatro telões pra facilitar a visão de um exército de cerca de 40 mil fãs em São Paulo e duas horas de rocks, repetindo quase todo o disco “Alive”na ordem, e mais hits no bis. De um lado, o linguarudo Gene Simmons, botando fogo em Hotter than Hell e no show. Do outro, Paul Stanley, um showman que domina a arte de comunicação com a platéia – e até ameaçou tocar/cantarStairway to Heaven do Led no seu momento solo. No meio – às vezes sobre o palco!- a batera de Eric Singer, agora de cabelos escuros e maquiado com a máscara de Peter Criss. Na guitarra-solo, mais solto pelo palco, Ace Fr… ooops… Tommy Thayer! É que em 2002 ele herdou a maquiagem de Spaceman do cometa Frehley. Pelo seu longo solo típico de guitar hero e citação de Wont´Get Fooled (da banda The Who), Tommy deve ter tocado muita guitarra aérea ouvindo Jimmy Page, Jimi Hendrix e Pete Townshend. O show não pode parar e da guitarra de Tommy saem mais explosões. Alguns grandes momentos da parte Alive do show: o público cantando junto, especialmente a partir de Black Diamond. E o carnaval de Rock & Roll All Nite – parece festa de final de Copa! Curiosamente, entre os clássicos do bis, o Kiss resgatou Lick It Up, hit do primeiro disco sem máscara da banda, em meados dos anos 80 (após a 1ª passagem pelo Brasil). Se você gosta de conhecer set-lists de shows, clique aqui para saber mais.

Kiss

ARENA ANHEMBI
SÃO PAULO, 07/04/2009

– Deuce (do 1º disco, Kiss)
– Strutter (também do 1º disco, Kiss)
– Got To Choose (do 2º, Hotter than Hell)
– Hotter Than Hell (do 2º disco)
– Nothin’ To Lose (do 1º disco, Kiss)
– C’mon and Love Me (do Dressed to Kill)
– Parasite (mais uma de Hotter than Hell )
– She (do Dressed to Kill)
– Watchin’ You (outra de Hotter than Hell)
– 100,000 Years (do 1º disco, Kiss)
– Cold Gin (do 1º disco, Kiss)
– Let Me Go Rock ‘N’ Roll (também de Hotter than Hell)
– Black Diamond (do 1º disco, Kiss)
– Rock & Roll All Nite (do Dressed to Kill)

Bis

-Shout It Out Loud (do disco Destroyer)
-Lick It Up (do disco de mesmo nome)
– I Love It Loud (do Creatures of the Night)
– I Was Made For Lovin’ You (do disco Dinasty)
– Love Gun (do disco de mesmo nome)
– Detroit Rock City (outra do Destroyer)

Anúncios

3 comentários sobre “Rock & Roll All Nite. Kiss, show Kiss Alive 35, São Paulo, 07/04/2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s