Ramones | “Mondo Bizarro” (1992)

Publicado em 26 de julho de 2012

JR LIMA JUNHO - 00004-AA turnê do baixista CJ Ramone no Brasil em 2012 coincidiu com o 20º aniversário do “Mondo Bizarro” – LP que marcou a estreia de CJ nos Ramones.O disco saiu em 1º de setembro do glorioso ano de 1992. É um dos meus favoritos do quarteto punk de NY. Tem canja de um Living Colour! E CJ chegou chegando. Não teve música creditada a CJ em Mondo Bizarro”, mas o novo baixista cantou em duas faixas. Seu antecessor, Dee Dee Ramone, tinha saído do grupo, mas colaborou aqui em três parcerias com o compositor Daniel Rey. Uma dessas parcerias foi o maior sucesso do discão e toca até hoje em rádios de rock. Vamos a um faixa a faixa, que “Mondo Bizarro” merece!

  • Lembra ou ouviu falar de tempos em que os LPs, CDs e fitas K7 americanos vinham com um selo de advertência “explicit lyrics”? Era um ‘cortesia’ do PMRC (Parents Music Resource Center), que adorava rotular as bandas de heavy metal e rap. E pasmem, quem comandava essa censura era a esposa de um político democrata!!! No fim das contas, esse tipo de coisa acaba promovendo e ajudando a vender discos, pelo menos para molecada. É sobre essa ação que fala a abertura de “Mondo Bizarro”. Em “Censorshit“, Joey Ramone detona a política da PMRC.
  • The Job That Ate My Brain” é outra pedrada, que tem Mark Ramone como um dos autores.
  •  “Poison Heart”, parceria de Dee Dee Ramone e Daniel Rey, foi o primeiro single do disco. Chegou ao 6º lugar no Reino Unido. Curta o clip dessa canção deliciosa:
  • Anxiety, anxiety, keeps me happy… Outra paulada de Marky Ramone e Garret James Uhlenbrock. Refrão que gruda!
  • Assinada por Dee Dee e Daniel, “Strength to Endure” conta com vocais de CJ Ramone. Cool! Veja um clip aqui do segundo single do LP/CD/K7.
  • “It´s Gonna Be OK, It´s Gonna Be Alright“. Difícil não querer cantar junto com Joey!
  • Boa cover de “Take It As It Comes”, do The Doors, com Joe McGinty no órgão Hammond.
  • O baixista CJ canta outra de Dee Dee e Daniel: “Main Man”.
  • Daniel Rey também compôs com Joey: “Tomorrow She Goes Away”, outra pedrada.
  • Depois de tanta pauleira, uma balada à la Ramones: “I Won´t Let It Happen“.
  • A faixa 11 não teve clip, mas foi um sucesso: a doidona “Cabbies on Crack“, com um solo de guitarra arrasa-quarteirão de ninguém menos do que Vernon Reid. What´s your favorite color, baby? Living Colour!
  • Heidi is Headcase” é rock´n´roll pesado, bem distorcido, de Joey e Daniel Rey.
  • Joey escreveu e cantou “Touring, Touring, is never boring”… Acredito! Assista ao clip do terceiro single de “Mondo Bizarro”. Rock and roll maneiro.

Banho de produção de Ed Stasium. Discão.

Algumas edições contém uma faixa-extra, a cover dos Ramones para o tema do Homem-Aranha: “Spider Man, Spider Man”. A homenagem aos ‘desenhos de sábado de manhã’ ganhou um clip em animação. Veja a versão que mistura desenho e ‘live action’ aqui. Huh-huh, cool! D+!

Leia também

A formação do "Mondo Bizarro": Johnny, JOEY, Marky e CJ Ramone FOTO George Du Bose / divulgação - arquivo do fanzine "Headline"
A formação do “Mondo Bizarro”: Johnny, Joey, Marky e CJ Ramone FOTO George Du Bose / divulgação – arquivo do fanzine “Headline”
Acervo do fanzine Headline > Coluna de Música
Acervo do fanzine Headline > Coluna de Música
Anúncios

5 comentários sobre “Ramones | “Mondo Bizarro” (1992)

  1. Detalhe, Touring é demo do Pleasant Dreams de 1981 e só lançada em 92, por isso eles não citaram alguns países latino-americanos na música.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s