Ozzy Osbourne, SP, 2 de abril de 2011

Let the madness begin... FOTO Rafael Koch Rossi -T4F

Sabadão de metal, chuva e trânsito na Arena Anhembi. Na abertura, o Sepultura levantou o público com clássicos como Territory e Roots Bloody Roots. Não esqueceu do repertório um pouco mais antigo, como Troops of DoomEscape to the Void e Innerself. Jogou em casa. Curioso é que o fã de metal que foi aos shows do Iron Maiden e do Ozzy em São Paulo e chegou a tempo de ver as bandas de abertura, curtiu vários sons sepulcrais em duas versões: na do Cavalera Conspiracy e na do Sepultura!

O "Príncipe das Trevas" em Sampa. FOTO Marcelo Rossi -T4F

Famílias inteiras, com muitas crianças, curtiram o segundo show da nova turnê de Ozzy Osbourne no Brasil. Set-list igual ao de Porto Alegre. Confira:

  • Bark at the Moon
    FOTO: Rafael Koch Rossi -T4F

     

  • Let Me Hear You Scream
  • Mr. Crowley
  • I Don´t Know
  • Fairies Wear Boots
  • Suicide Solution
  • Road to Nowhere
  • War Pigs
  • Shot in the Dark
  • Solos de guitarra e bateria, misturados com a sabbathica Rat Salad
  • Iron Man
  • I Don´t Wanna Change the World
  • Crazy Train
  • Mama I´m Coming Home
  • Paranoid

O “Príncipe das Trevas” -que até que ainda pula bastante no palco, consideradas as condições- deu uma passeada por várias fases de sua carreira, do Sabbath até o disco novo, Scream. Mas a ênfase ficou nos anos 80, com 4 sons do clássico álbum Blizzard of Ozz, relançado há pouco, a abertura que lembra a época do primeiro Rock in Rio, com Bark at the Moon, e Shot in the Dark, de uma fase mais americanizada de Ozzy. Não deixa de ser interessante essa repassada.

Gus G. FOTO Rafael Koch Rossi -T4F

O guitarrista novo, Gus G, tocou com eficiência o solo de Mr Crowley, um dos mais bonitos do heavy metal, improvisou um pouco em Suicide Solution e provavelmente ganhou fãs -apesar de alguns gritos de Zakk! Zakk!-com o longo solo, que incluiu Brasileirinho e a “técnica de duas mãos” no braço da guitarra, popularizada pelo Eddie Van Halen. Em algumas canções, especialmente as visitas ao reperório do Sabbathzão, o tecladista Adam Wakeman saiu de lá trás e tocou guitarra base.

Boa banda, show divertido, apesar da chuva. Valeu, Ozzy!

O baixista Rob Nicholson, boa presença no palco FOTO Marcelo Rossi -T4F
O batera Tommy Clufetos arrepiou no solo FOTO Marcelo Rossi - T4F

10 comentários sobre “Ozzy Osbourne, SP, 2 de abril de 2011

  1. Vlw, estava querendo saber como tinha sido o show …mt legal seu blog, revista bizz eu assinei mt tempo…até, Ruth Di

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s