DNA do Samba

O Carnaval ferve ainda mais o Rio neste verão escaldante, com milhares de pessoas atrás de blocos, bandas, cordões, ensaios das escolas de samba.

E o grupo DNA do Samba tem uma rodada dupla nesta terça-feira, 9 de fevereiro: às 19h, toca no projeto 7 em Ponto do teatro Carlos Gomes, com Moyseis Marques, Noca da Portela e Zé Luís do Império Serrano. Ingressos a 10 reais.

Mais tarde, às 21h, o septeto toca na roda de samba acústica do Beco do Rato, na Lapa.

A árvore genealógica do grupo carrega herdeiros de nomes e sobrenomes consagrados no samba:

dona Yvone Lara (avó de André Lara, banjo e voz);

Noca da Portela (avô de Diogo Pereira, cavaco e voz);

Carlinhos 7 Cordas (pai de Hudson 7 Cordas, violão e voz);

Silas de Oliveira(avô de Júnior de Oliveira, surdo e voz);

Nei Lopes (pai de Nei T.Lopes, repique de mão e anel, caixa e voz ),

Martinho da Vila (avô de Raoni Ventapane, tantan, conga e voz), e

Nelson Sargento (pai de Ronaldo Mattos, pandeiro e voz) .

Daí o nome, DNA do Samba. Veja a agenda completa e conheça os sambas do conjunto na página do DNA no My Space.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s